Conhecendo os artistas plásticos brasileiros – Britto, Milhazes e Muniz



Você sabia que existem artistas brasileiros fazendo muito sucesso no exeterior com suas obras de arte?

Neste vídeo o João Victor nos apresenta 3 deles. Romero Britto, o pop-star da pop-art; Beatriz Milhazes, autora do quadro mais caro já pintado por um artista brasileiro vivo; e Vik Muniz, o artista que transforma qualquer coisa em arte.

*******

O canal CDFs DE PLANTÃO chega como um alternativa divertida de aprendizado, onde a troca de informações acontece de forma descontraída. Todo mês traremos um programa novo com assuntos novos. Ao invés de professores, aqui, quem te ensina são os seus próprios colegas. Seus colegas CDFs.

Nos encontre no facebook: https://www.facebook.com/cdfsdeplantao

Gostou do vídeo?
Então não se esqueça de deixar seu joinha!
Divulgue conhecimento! Compartilhe esse vídeo nas suas redes socias!
Fique ligado nos nossos próximos vídeos se inscrevendo no nosso canal!
Se surgiu alguma dúvida ou sugestão, é só deixar nos comentários! 😉

source

Arte contemporânea x Romero Britto



Humor OVER, tosco, caricato é o estilo do D de Doidas, deste episódio especialmente que explicita ainda mais o estilo. Arte contemporânea é questionada por muitos e também assimilada com hipocrisia por outros, amada por alguns. Já Romero Brito é nome fatídico para se pronunciar perante os amantes das artes visuais considerados cults.

source

5 motivos pelos quais VOCÊ não gosta de Romero Britto



“5 motivos pelos quais VOCÊ não gosta de Romero Britto” é um vídeo que abre um debate aberto sobre a obsessão que o meio das artes visuais tem em depreciar o trabalho de Romero Britto, um artista brasileiro conhecido mundialmente. Deixando os clichês e os achismos rasos de lado o autor tenta compreender se as cinco principais acusações feitas pelo público das artes contra o dito artista fazem realmente pleno sentido da forma como o senso comum tenta passar.
Seria Romero Britto mais um gênio incompreendido da história da arte? Seria ele um sortudo que conseguiu se ver valorizado pelo mercado de arte sem o merecer? Ou seria ele apenas um artista que encontrou um estilo rentável e que agora pinta a Mona Lisa como uma gatinha colorida?

Link para o post do blog citado no vídeo: https://goo.gl/DGjmjf
Blog “Arte na prática”

Contato: contato.artenapratica@gmail.com

source

Pink Floyd and Romero Britto



Parte do trabalho de Poéticas tridimensinais do Curso de Artes Visuais,
obra o gato de Romero Britto e música “Signs Of Life ” da banda Pink Floyd do album “A Momentary Lapse Of Reason”
editado por AJ.

source